Fale Conosco

Os Estigmas sobre as Doenças Mentais: Sofrimentos em duplicidade

As psicopatologias ou doenças de ordem mental recebem menos atenção do que deveriam em nosso País. Em um período de profundo sofrimento decorrente da pandemia que assola vidas direta e indiretamente, o tema da redação do ENEM deste ano é, também, um alerta e um convite à reflexão. Os cuidados em saúde física e mental são indissociáveis e, portanto, complementares. Lamentavelmente, a saúde mental ainda é pouco valorizada socialmente e sucateada no setor público. A temática principal da redação aponta para a estigmatização das doenças mentais em nossa sociedade o que leva, inevitavelmente, ao descuido com a saúde da mente.
É muito importante lembrar que a doença mental é, muitas vezes, invisível e sorrateira, um inimigo difícil de combater. Por suas características e pelos estigmas que minimizam ou banalizam o sofrimento e soterram as expressões de dor, as psicopatologias costumam ser identificadas em estágio avançado, quando já tomaram proporções incapacitantes.
Portanto, o adoecimento mental deve ser levado a sério e tratado precocemente. Não zombe, não critique, não desvalorize ou abandone aqueles que sofrem de doenças e dores emocionais. Fique atento e acolha as pessoas que você ama, aqueles com quem convive diariamente e que padecem deste tipo de enfermidade. Comportamentos como instabilidade, tristeza, raiva, ansiedade, entre tantos outros, quando persistentes, intensos e seguidos de desfechos destrutivos, podem indicar a necessidade de ajuda profissional especializada em saúde mental. Fique atento a você, reserve um tempo para observar calmamente o que tem pensado, sentido e como tem agido nas tuas relações interpessoais afinal, cuidar da nossa saúde emocional preventivamente é mais que um investimento pessoal, é um gesto de amor-próprio.

Prof. Crístofer B. Costa
Psicólogo, Doutor em Psicologia Clínica.
Coordenador do Curso de Psicologia da FACEFI.

Como leitura adicional sugere-se o artigo que aprofunda o debate sobre saúde e doença mental: “Processos de saúde-doença: Diálogos entre as teorias psicanalítica, cognitivo-comportamental e sistêmica”. Disponível em http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-29702020000200009