Fale Conosco

“Significado inconsciente do dinheiro” foi o assunto da participação da psicóloga e diretora da FACEFI, Mara Lins, em entrevista na Rádio Jovem Pan

A doutora em Psicologia e Diretora da FACEFI (Faculdade do Centro de Estudos, da Família e do Indivíduo – CEFI), psicóloga Mara Lins, participa semanalmente do programa Jornal da Manhã – Edição Grande Porto Alegre da Rádio Joven Pan (90.7 FM), com apresentação do jornalista Fernando Zanuzo. Todas as sextas-feiras, a psicóloga aborda assuntos como relacionamentos, saúde mental e temas relacionados à Psicologia. Na participação desta sexta-feira, 25 de junho, Mara falou sobre o significado inconsciente do manejo com o dinheiro.

 

“Dinheiro é tabu, por vezes aparece como forma de fazer justiça. Para alguns é como se fosse uma religião, sendo a principal coisa da vida. Também pode ser tratado como se fosse um relacionamento, por que ele pode vir com raiva, ou como um pedido de desculpas. E pode ser usado para evitar falar de alguns conflitos. Dinheiro pode servir para chantagem também. É muito comum dinheiro ser trocado por obrigações, por generosidade, por culpa, por favores, ou direitos”, comenta Mara. ”E falando de família, cada um de nós vem de uma família que tem alguns conflitos implícitos e explícitos com relação a manejar o dinheiro, porque ele fala de regras sobre trocas e cada uma vai ter sua regra. Quando chega na relação de casal, cada um vem com as suas expectativas de como a sua família lidavam com as trocas e, às vezes, querer impor o mesmo ao perceiro(a). A contabilidade de uma empresa é uma história sobre a qual nós podemos entender o relacionamento dos sócios, a relação com os funcionários, com os clientes, todos os vínculos por onde permeia a parte financeira. Nas famílias também tem um sistema de contabilidade emocional”.

 

Ouça a entrevista na íntegra abaixo. Acompanhe as participações de Mara Lins na Rádio, todas as sextas-feiras entre 7h e 8h.